domingo, 5 de abril de 2009

MENTIRAS - Parte I

MENTIRAS NECESSÁRIAS


Quero falar das mentiras necessárias, não aquelas que escondem algo importante, mas mentiras do cotidianos que usamos para nos livrarmos de situações difíceis...

Quantas e quantas vezes na minha vida me vi em situações em que se eu falasse a verdade algo de ruim aconteceria comigo, algo que só prejucaria a mim e a mais ninguém. Então tive que lançar mão do recurso da mentira em forma de desculpa par a sair daquela pressão.

Foram tantas as vezes que passei por isso, porque existe uma situação peculiar na minha vida que me empurra pra essas "saias justas", que acabei "automatizando" a mentira.

Quando me encontro numa situação que tenho que dar uma desculpa imediamente, aquela desculpa que você tem cinco segundos pra pensar, me saio super bem.
Às vezes fico impressionada com a capacidade que tenho de inventar algo e viver aquilo como se fosse uma verdade, mas somente em situações de que preciso me safar de algo.

Mas quando a situação é essencial, aquela em que mentir pode prejudicar outras pessoas, ou quando mentir vai fazer me sentir uma hipócrita, nessas circunstâncias, quase sempre falo a verdade. Digo quase, porque não sou perfeita, claro, erro muito, faço muita besteira, como qualquer ser humano.
Não tenho nada de especial.

Por isso que digo que pra mim existe a mentira em forma de desculpa que é totalmente aceitável e a ment ira essencial, aquela que machuca terceiros quando descoberta, que deve ser evitada...
_______________________________



Eu prefiro a verdade


Eu prefiro a verdade.
Tenho como mantra: Prefiro uma dura verdade do que uma doce mentira.
Tenho ataques de sinceridade: as vezes parece que o quadro que passava no Fantástico: O Super Sincero foi inspirado em mim.
O ditado já diz: mentira tem perna curta.
Mas nesse vinte e nove anos de vida, aprendi que nem todos gostam de ouvir verdades, nem todo mundo está preparado.
Acho que a mentirinhas, mentiras e mentironas fazem parte da nossa cultura.
Mesmo primando sempre pela verdade, eu já menti, ainda minto e futuramente continuarei mentindo. Ou até mesmo omitindo fatos para me preservar ou preservar outros.
Mas se você tem algo a me dizer, diga a verdade, por mais dolorida que seja.
Eu aguento! Posso cambalear, mas não caio.

--------------------------------

Oi pessoal, você votou e o assunto escolhido foi MENTIRA.


Particepe, deixe sua opinião sobre o assunto!
Quarta-feira, conheça a opinião do Autor e do El Negro sobre o assunto


Aproveite e vote também na enquete da próxima semana.


13 comentários:

Da Silva disse...

A sinceridade absoluta tornaria a vida em sociedade absolutamente impossível!

O seu cabelo está ótimo, fizemos boa viagem, adorei o doce de abóbora, eu não digo isso pra todas, e por aí vai.

ลndreia disse...

São as chamadas mentiras piedosas... por vezes bem são precisas... *

Niseloka disse...

como já dizia aquela mpusica de cazuza, mentiras sinceras me interassam....

Pam Samsel disse...

É verdade se todas as pessoas fossem um "super-sincero" da vida, o mundo seria uma droga... rsrsrsrs
Mentiras que não prejudicam ninguém são sempre bem vindas...

Daniel Savio disse...

Nunca fui fã das mentiras, mas as vezes é necessário usa-la para evitar um mal maior...

Fiquem com Deus, pessoal.
Um abraço.

Tâmara disse...

Então que eu sou atrapalhada, tão atrapalhada que eu conto uma mentira e depois tenho que me policiar pra nao esquecer a mentira que contei. Acho tão complicado ficar avaliando os fatos direitinho pra segurar uma mentira. Mas, eu tento! ah se tento!

voltarei!

' Josi Keller disse...

Oii
Mal incomodar, mas ja incomodando ne ? rsrs
To divulgando meu blog
Pode dar uma passadinha la ?
' Os pensamentos voam
Pode dar um passadinha e dar opinião na ultima historia ? ?
www.josikeller.blogspot.com
Valeu..
Espero saber k tu foi la ok ?
Beijaoo

.

Vladir Duarte disse...

Há pequenas mentiras diárias que são necessárias à boa convivência social. Porém, quando o assunto é sério... A verdade sempre! "Doa a quem doela", como diria nosso amado Fernando Collor!

valeu.

*K-rol* disse...

Eu não gosto de mentiras!
E sou bem sincera, e muitas vezes, ou melhor, quese sempre, as pessoas naum gostam de ouvir o que tenhu pra dizer! mas espera... se me pergunta, é porque está preparado pra resposta, seja ela qual for!

Tenho grandes dificuldades em mentir, para evitar, eu omito coisas, mudo de assunto, mas mentir me complica!

entaum se vc naum está preparado para a verdade, guarde sua pergunta pra vc!
hihihi!!

beijo grande!

Srta. Bia disse...

Concordo com a Dama, há certas mentiras necessárias que não machucam, apenas limitam a servir aquele momento.
Não dá para ser verdadeira o tempo todo, algumas pessoas se magoam mais que outras. Conto mentirinhas ás vezes, quando preciso lidar com uma situação, faltar um compromisso. e é isso, não dói tanto. e mertiolate tá aí pra isso.

Escriba Eventual disse...

O problema da mentira é que pode se tornar um costume e mesmo não "precisando" a pessoa acaba mentindo. Sempre evito mentiras a não ser que seja pra fazer uma surpresa pra alguém...esse tipo de coisa.
Nesse tema sou mais o Quase trinta.
Verdade sempre. Ou ficar calada ou a verdade. Creio que seja melhor.

MELISSA S disse...

Eu escrevi sobre isso num post chamado "Mentiras sinceras me interessam". E acho que quem diz que prefere a verdade sempre, na verdade, mente rs Sério... As mentiras pequenas fazem um bem danado à humanidade. Somos humanos e temos nossas imperfeições... Beijos

angelo alfonsin disse...

Chega de mentiras, política é mentira, imprensa é mentira, religião é mentira, comércio é mentira, publicidade é a arte suprema da mentira, basta!
Já é hora de se dizer a verdade, somente a verdade, que é nada mais do que uma grande mentira.